ARTISTAS DOMINICANOS

 

ADA BALCÁCER

ALBERTO BASS

ALBERTO ULLOA

allette simmons

ALONSO CUEVAS

AMABLE STERLING

AMADO MELO

AMAYA SALAZAR

ANTONIO GUADALUPE

ANTONIO PRATS VENTÓS

ANTONIO TORIBIO

ASDRÚBAL DOMÍNGUEZ

AURELIO GRISANTY

AQUILES AZAR

AURELIO GRISANTY

BELKIS RAMÍREZ

BISMARK VICTORIA

CÁNDIDO BIDÓ

CELESTE WOSS Y GIL

CARLOS ACERO

CARLOS HINOJOSA

CARLOS SANGIOVANNI

DANILO DE LOS SANTO

CLARA LEDESMAS

DARÍO SURO

DOMINGO LIZ

DIONISIO BLANCO

DUSTIN MUÑOZ

ELSA NUÑEZ

ELIGIO PICHARDO

ELVIS AVILÉS

ELIGIO PICHARDO

ELIU ALMONTE

ENRIQUILLO RODRÍGUEZ A.

EUGENIO FERNANDEZ GRANELL

EZEQUIEL TABERAS

FABIO DOMÍNGUEZ

FAUSTINO PÉREZ

FELIX BERROA

FREDDY CABRAL

FREDDY JAVIER

FREDDY RODRÍGUEZ

GASPAR MARIO CRUZ

GEORGE HAUSDORF

GEO RIPLEY

GILBERTO HERNÁNDEZ ORTEGA

GUILLO PÉREZ

HILARIO OLIVO

INÉS TOLENTINO

IVAN TOVAR

JAIME COLSON

JESÚS DESANGLES

JOAQUÍN CIPRIÁN

JOHNY BONELLY

JOSÉ CESTERO

JOSE FELIX MOYA

JOSÉ GARCÍA CORDERO

JOSÉ MIURA

JOSÉ PERDOMO

JOSÉ RAMÍREZ CONDE

JOSÉ RINCÓN MORA

JOSÉ SEJO

JOSÉ VELA ZANETTI

JUAN MAYI

JUAN MEDINA

JOSEP GAUSACHS

JORGE PINEDA

JORGE SEVERINO

JULIO NATERA

JULIO VALDEZ

JULIO SUSANA

KUTY REYES

FERNANDO VARELA

FERNANDO UREÑA RIB

FERNANDO PEÑA DEFILLÓ

FRANZ UREÑA RIB

LEOPOLDO NAVARRO

LEO NUÑEZ

LEÓN BOSCH

LUÍS LAMA

LUIS MARTÍNEZ RICHIEZ

LUÍS MUÑOZ

LUZ SEVERINO

MANOLO PASCUAL

MANUEL MONTILLA

MARCOS LORA READ

MARIANELA JIMENEZ

MARIANO ECKERT

MARIANO HERNÁNDEZ

MAYOBANEZ VARGAS

NIDIA SIERRA

ORLANDO MENICUCCI

OSCAR ABREU

PAUL GIUDICELLI

PLUTARCO ANDÚJAR

RADHAMÉS MEJÍA

RAMÓN OVIEDO

RAQUEL PAYEWONSKY

RAÚL RECIO

ROSA TAVAREZ

SILVANO LORA

QUISQUEYA HENRÍQUEZ

SACHA TEBÓ

SAÍD MUSA

SOUCY DE PELLERANO

TETÉ MARELLA

THIMO PIMENTEL

TOMASÍN LÓPEZ RAMOS

TONY CAPELLAN

VÍCTOR ULLOA

VICENTE PIMENTEL

WILLY PÉREZ

YORY MOREL

 

 

CUENTOS DE UREÑA RIB

 

LA INICIACIÓN

CELAJES

MAL ENANORADA

EL NAHUAL

PULPO A LA GALLEGA

LA PORTEÑA

LA TOSCANA

LA PUTANA DE PERPIGNAN

LA TORRE VIGILADA

LA SOLUCIÓN EN EL OMBLIGO

LA VENUS DE TABOGA

LA SALAMANDRA

VIENTOS DEL NORTE

LA VINDICACIÓN DE OMAR

EL ABRAZO

DEL LIBRO FÁBULAS URBANAS

 

OBRA PICTÓRICA

 

 

DEL LIBRO DECIR LA PIEL

BIOGRAFÍA

 

 

FERNANDO UREÑA RIB

 

 

FERNANDO UREÑA RIB

Na fluidez de Aquoso nós capturamos o expresions de harmonia de humanidade com natureza até si mesmo. São fundidas visões subaquáticas luminosas e formas orgânicas em um tipo de celebração sensual. O trabalho de Fernando Urena Rib durante os anos se tornou cada vez mais cativante como ele intergra e equilibra pigmentos e cores, enquanto combinando movimentos com a mistura sem costura de formas múltiplas.


Fernando está, a suo próprio modo, um feminista. Não no senso social contemporâneo mas no senso térreo da pessoa absorvida por as forças de vida femininas. As formas e figuras são formas femininas que prendem a o espectador. Poderia haver as mulheres nuas sutilmente flutuantes sobre as telas dele mas no há ausência de erotismo. A atitude progressiva em arte chama para transcendência do óbvio, do vulgar. O trabalho de Fernando, seja eles enfeitado com formas orgânicas é  humanas, expressões maravilhosas de delícia sensual que transcende erotismo descarado, e gasta desbordando em euforia harmônica.

Ao examinar seu trabalho percebi eu, que as imagens eram simples em aparença, mais plenos da complexidade e de retribuição, como si tiveram um elemento magnético poderoso. É a bondade das formas que provocam suspiro, quietamente, para o observador, . Porque as obras de Ureña Rib pode ser vista como um meio de iluminação física, espiritual e social nossa. É o grau de iluminação que determina o impacto que uma obra de arte está causando ao espectador. A pessoa vem à consciência que o Fernando é um miríade de paradoxos. Os seus empenhos artísticos são o velho desejo de harmonizar dois mundos.


Por mais de vinte anos, coletores de arte das  principais cidades americanas et europeas apreciam altamente e adquiram os trabalhos de Fernando Ureña Rib que são uma atestação da qualidade e maestria da suo arte. Toda pintura está em relação com a vida e como sabemos todos nós, toda a vida origina de água. O Aquoso de Fernando séries de telas ai óleo são uma representação mágica da fluidez de existenca e das expressões orgânicas de vida.

SCOTT DUPERRON

 

 

 

 

 

 

FERNANDO URENA RIB

ART STUDIO

 

 

CONTACT INFORMATION

 

 

 

Revisado: January 14, 2009
TODOS LOS DERECHOS RESERVADOS. ALL RIGHTS RESERVED
 
Home Contact us Search for Artists profiles Latin Artists Directory
Privacy Policy | Terms of use | Help | Contact Us | Report Abuse
© Latin Art Museum 2006. Design and developed by comuniQue.  
 free hit counter